OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil        Sexta-Feira, 15 de Novembro de 2019

OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil - Trabalhando pelos direitos dos Trabalhadores

6,3 milhões de novos pobres no Brasil

Desde o início da recessão em 2014 até 2017, o número de pessoas que vivem abaixo da linha da pobreza aumentou 33%.

Por Anderson Luna dia em OTB no Brasil

6,3 milhões de novos pobres no Brasil
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

 

Agência Trabalhador, 13/09/2018, 14:00 h – São Paulo - com dados da FGV e da UOL.

Segundo a FGV – Fundação Getúlio Vargas,  o percentual de pessoas que vivem com menos de 233 reais/mês* passou de 8,38% - menor percentual, medido no último trimestre de 2014 – para 11,18% da população brasileira.

O nível de pobreza subiu por 11 trimestres seguidos, o que não acontecia desde 1989, fazendo com que o patamar retornasse aos níveis de 2011. Tiveram maiores perdas os jovens de 15 a 19 anos, pessoas com até 8 anos de estudo e os moradores do nordeste.

A OTB acredita que a reforma fiscal é fundamental para implantação de medidas que possibilitem a revetsão deste quadro. Um dos principais motivos da redução das políticas públicas, mais que a ausência de disposição do governo atual, é a redução das verbas que provocam diminuição do combate à pobreza e a desigualdade.

A recessão motiva a elevação do índice ao provocar desemprego  e inflação, situação inversa à de 2014 quando o Brasil vivenciou o menor índice de pobreza e desigualdade social, além do maior nível de salários e o menor desemprego da história.

6,3 milhões de novos pobres no Brasil

*Valor base agosto 2018.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui:

//