OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil        Terca-Feira, 19 de Novembro de 2019

OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil - Trabalhando pelos direitos dos Trabalhadores

Abono para servidores SP segue para Câmara, mas não pelas mãos da prefeitura

Foi enviado para a Câmara dos vereadores da cidade de São Paulo, pelo vereador Claudio Fonseca, projeto de lei que concede abono retroativo a maio para servidores de nível básico e nível médio. Prefeito permanece em silêncio.

Por Anderson Luna dia em Nossos Direitos e Conquistas

Abono para servidores SP segue para Câmara, mas não pelas mãos da prefeitura
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Agência Trabalhador, 24/05/2019, 16:00 h - São Paulo

Foi encaminhado para votação pelos vereadores da cidade de São Paulo, pelo vereador, Claudo Fonseca (PPS) projeto de lei que concede abono salarial para servidores públicos municipais das carreiras de nível básico (agente de apoio) e nível médio (agpp). Vereador se antecipou ao prefeito alegando intenção de pressionar o governo.

O abono será de 200 reais para os integrantes das carreiras de nível básico, de 300 reais para os que pertencem às carreiras de nível médio e será retroativo ao mês de maio.

Servidores aposentados, em afastamento sindical ou qualquer outro tipo de afastamento não farão jus ao pagamento, o que provocou protestos. Outro motivo de reclamação foi a demora no envio. O prefeito havia prometido o abono para evitar a prolongação da greve dos servidores que aconteceu em março.

 

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui:

//