OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil        Quarta-Feira, 20 de Novembro de 2019

OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil - Trabalhando pelos direitos dos Trabalhadores

Auxílio-saúde apenas para Câmara

Vereadores e servidores receberão benefício que pode chegar a R$1079. Isonomia é direito constitucional desconhecido pela prefeitura de São Paulo.

Por Anderson Luna dia em Nossos Direitos e Conquistas

Auxílio-saúde apenas para Câmara
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Agência Trabalhador, 24/05/2018, 20:00 h - São Paulo

Nesta quarta-feira (23) por 32 votos a favor e 8 contra, foi aprovado, pelos vereadores da cidade de São Paulo um auxílio-saúde para beneficiar a eles mesmos no valor de até R$1079, dependendo da idade e ainda, apenas para os servidores da câmara, auxílio-alimentação no valor de R$573,45. O projeto seguiu para sansão do prefeito Bruno Covas.

A Câmara Municipal de São Paulo que já tem orçamento de 500 milhões anuais, terá um acréscimo de cerca de 38 milhões.

O auxílio-saúde que beneficia também os parlamentares, será pago na forma de reembolso após solicitação de cada servidor à secretaria da Câmara. Estudos do legislativo apontam que os gastos devem chegar a 24 milhões de reais anuais.

A Câmara Municipal que dispõe de ambulatório com médicos, enfermeiros e equipamentos clínicos escalonou o benefício. Para quem tem até 18 anos o valor será de 180 reais por mês e o valor vai crescendo até os servidores com 59 anos ou mais poderam ter reembolsados R$1079.

Em nota a Mesa Diretora informou que as medidas foram solicitadas pelo sindicato dos servidores e que o auxílio foi pleiteado também pelos vereadores que tem salário de R$ R$ 14.396,62.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui:

//