OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil        Quarta-Feira, 20 de Novembro de 2019

OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil - Trabalhando pelos direitos dos Trabalhadores

Brasil forte, país independente

EDITORIAL - É preciso que exista coragem para que sejam tomadas decisões importantes que definirão o Brasil como país protagonista internacional.

Por Paulo Campos dia em OTB no Brasil

Brasil forte, país independente
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

 

Agência Trabalhador, 05/06/2018, 21:00 h – São Paulo

EDITORIAL - Há correntes políticas que dizem que governos não devem ser proprietários de empresas, afinal esta não é a função do governo, porém há casos em que apenas o investimento público consegue vencer o custo necessário à criação de empresas de grande importância ou de obras de infraestrutura.

Desta maneira o governo acaba proprietário de grandes “estatais” como a Petrobrás.

A política de privatização que beneficia a grandes grupos econômicos – e corrompe políticos – precisa acabar.

Estas empresas que normalmente produzem lucros grandiosos, chamam a atenção de investidores e, muitos destes, gostariam de ter a oportunidade de fazer uma oferta de aquisição. Procuram então a ajuda de lobistas (profissionais da influência, especialistas no troca-lá dá-cá dos políticos) que vão ajeitando a venda pouco a pouco, surgindo então a onda de privatização que afligiu alguns dos últimos governos.

Porém, porque o governo venderia uma empresa que dá lucros imensos como a Petrobrás, se este lucro pode ser revertido em investimentos dentro do país.

Concordo que governos não deveriam ter empresas, mas, se já as tem, qual o sentido na privatização que não interesses de grupos particulares?

Grandes empresas estatais, como existiram e ainda existem, tornam-se cabides de empregos e “poleiros” eleitorais e este tipo de (má) influência política deve ser combatido. Mas não é este fator impeditivo à empresa ser eficiente, lucrativa e benéfica para a população, competindo no mercado internacional e gerando empregos.

 

 

 

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui:

//