OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil        Terca-Feira, 14 de Julho de 2020

OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil - Trabalhando pelos direitos dos Trabalhadores

Bruno Covas extingue cargos e unidades municipais e cria supersalários

PL 749, aprovado hoje (25) decreta o fim das autarquias. Foto: divulgação

Por Paulo Campos dia em Nossos Direitos e Conquistas

Bruno Covas extingue cargos e unidades municipais e cria supersalários
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Agência Trabalhador - São Paulo Capital

Foi aprovada hoje (25) pela Câmara Municipal, a “Reforma Administrativa” da Prefeitura de São Paulo. O PL 749 segue agora para sanção do prefeito Bruno Covas.  O projeto extingue 3587 vagas concursadas e cria 627 vagas comissionadas com altos salários. A prefeitura, com o corte, pretende economizar 125 milhões de reais por ano.

Serão extintas a Autarquia Hospitalar Municipal, o Serviço Funerário, a AMLURB – Autoridade Municipal de Limpeza Urbana, a ADE Sampa – Agência de Desenvolvimento, a Autarquia Municipal de Serviços Auxiliares de Saúde, a Fundação Museu da Tecnologia de São Paulo, a Fundação Paulistana, a SPTuris (agência de fomento ao turismo) e o Ilume que cuida da iluminação pública.

Os servidores destas unidades não poderão ser exonerados e serão removidos para outras unidades e regiões. Como e quando, vai depender da velocidade do desmonte destas entidades. A Lei estabeleceu prazo de 180 dias para o fim das autarquias e fundações, prorrogáveis por mais 180 dias duas vezes.

LEIA TAMBÉM: STF garante 35% de reajuste para todos servidores da Prefeitura de SP

LEIA TAMBÉM: Servidores da Prefeitura de SP, exceto da educação, poderão pedir reposição salarial na justiça

LEIA TAMBÉM: Entenda a ação dos 35% de reajuste para servidores da Prefeitura de SP

 

 

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui:

//