OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil        Sexta-Feira, 15 de Novembro de 2019

OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil - Trabalhando pelos direitos dos Trabalhadores

Câmara planeja autorizar aumento na ausência do Prefeito

Aumento de salário somente para elite dos servidores é ação que jamais deveria ser tomada por nenhuma administração. A situação, que acontece hoje na Prefeitura de São Paulo é exemplo de manipulação política e de falta de ética.

Por Anderson Luna dia em Nossos Direitos e Conquistas

Câmara planeja autorizar aumento na ausência do Prefeito
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Agência Trabalhador, 08/06/2018, 10:15 h – São Paulo

Aprovado durante a greve dos caminhoneiros, num momento em que a população não está aceitando aumento de despesas, o aumento dos benefícios somente para servidores da câmara – sem a isonomia garantida pela constituição para os demais servidores municipais – eleva os gastos em R$ 46,3 milhões de reais por ano.

Em manobra para que a aprovação não provoque desgaste ao novo prefeito, o presidente da Câmara, Milton Leite afirmou que pretende aprovar a matéria durante a ausência de Bruno Covas programada para a próxima semana.

O prefeito que ainda vai avaliar se mais de R$ 46 milhões tem impacto orçamentário (!) – e que observou que, se fosse vereador, "não votaria favorável à concessão" – contemporizou: “como prefeito, preciso avaliar se (o PL) está previsto no orçamento da Câmara e se foi observado o processo legislativo adequado”.

Os vereadores aprovaram, último dia 23, um aumento no pacote de benefícios exclusivo para os funcionários da Câmara, incluindo eles próprios. Entre outros, há uma “gratificação especial” de até 16 mil reais para esta elite do funcionalismo.

 

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui:

//