OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil        Terca-Feira, 14 de Julho de 2020

OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil - Trabalhando pelos direitos dos Trabalhadores

Doria anuncia quando será o retorno às aulas

Medida afetará 13,3 milhões de alunos das redes pública e privada e suas famílias em todo o estado de São Paulo. Foto: Gilberto Marques/ MáquinaCW

Por Paulo Campos dia em OTB no Brasil

Doria anuncia quando será o retorno às aulas
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Agência Trabalhador – São Paulo

O governador do Estado de São Paulo, João Dória, anunciou hoje (24) o cronograma de retomada às aulas da educação básica e dos níveis infantil, superior e profissionalizante, que foram suspensas devido à pandemia do coronavírus. Segundo a previsão, as aulas retornarão no início de setembro.

O plano, que inclui protocolos de distanciamento e higiene para evitar contágios, prevê, entre outras medidas, o uso de máscaras por todos nas unidades escolares, 35% de ocupação máxima e distância de 1,5 metro entre estudantes.

De acordo com o secretário estadual da educação, Rossieli Soares, os efeitos dessa paralisação deverão levar 2 a 3 anos para serem sanados pelos sistemas educacionais.

O retorno às aulas com a fase 1 deve acontecer quando todas as regiões estiverem na fase amarela por 28 dias. Nesta primeira fase as aulas só serão presenciais para 35% dos estudantes.

A fase 2, onde serão atendidos 70% dos estudantes com aulas presenciais, somente poderá ser iniciada quando 60% dos departamentos estaduais de saúde estiverem por pelo menos 14 dias na fase verde da reabertura e os 100% das cadeiras poderão serem ocupadas quando os departamentos de saúde indicarem que 80% estão na fase verde.

O sistema é o mesmo que foi utilizado para nortear a reabertura da economia em todo o estado de São Paulo e levam em conta o avanço da epidemia e a capacidade de resposta das unidades de saúde regionais.

São Paulo tem hoje 238.822 pessoas diagnosticadas com o coronavírus. Nas últimas 24 horas foram registrados 9347 novos caso e 284 pessoas perderam a vida. No total, morreram, em todo o estado, 13.352 paulistas.

LEIA TAMBÉM: Pandemia: salários de servidores municipais e estaduais não poderão ter redução

LEIA TAMBÉM: Servidores da Prefeitura de SP, exceto da educação, poderão pedir reposição salarial na justiça

LEIA TAMBÉM: Cobrança de consignados será suspensa por 4 meses

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui:

//