OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil        Quarta-Feira, 21 de Outubro de 2020

OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil - Trabalhando pelos direitos dos Trabalhadores

Dória vai demitir servidores, seria melhor para paulistas que ficassem

Com a desculpa de enxugar o estado por conta da pandemia, o governador pretende extinguir dezenas de órgãos. Foto: Flickr

Por Paulo Campos dia em Nossos Direitos e Conquistas

Dória vai demitir servidores, seria melhor para paulistas que ficassem
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
Paulo Campos é vice-presidente da OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil
texto baseado no artigo de Márcia Maria Barreta Fernandes Semer, procuradora do Estado de São Paulo

Opinião

Quanto mais surge à tona a totalidade do projeto de “enxugamento” do Estado de São Paulo em projeto de autoria do governador João Dória, mais se torna claro o objetivo de desmonte planejado pela sua equipe de governo.

Com a desculpa de que existe necessidade de cortes orçamentários para cobrir o “rombo” provocado pelo combate à pandemia de covid-19, Dória pretende “por na rua” milhares de servidores, fechando dezenas de órgãos estaduais como:

  • FURP – Fundação para o Remédio Popular, que distribui remédios à população;
  • Oncocentro, de saúde pública para tratamento de câncer;
  • CDHU – Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano, que fornece moradia patrocinada pelo governo do estado;
  • Fundação Instituto de Terras do Estado de São Paulo, que regulariza espaços fundiários e urbanos no estado e que atende comunidades quilombolas;
  • Superintêndência de Controle de Endemias, esta justamente no meio da pandemia mais grave dos últimos 100 anos;
  • E até o Zoológico – Instituto Florestal e Fundação Zoológico, que cuidam de animais e meio ambiente.

Porém, pior que o desmantelamento de boa parte da rede de atendimento à população é que, este tipo de medida – de enxugamento do estado – não funciona em tempos de crise. Historicamente, a situação relativamente recente de semelhante desmonte econômico mundial atual, foi queda da bolsa de 1929.

A solução, que está em todos os livros de história, não foi o enxugamento do estado Foi, pelo contrário, a implantação, pelo estado, de uma série de medidas capazes de proporcionar movimentação econômica.

LEIA TAMBÉM: Bolsonaro vai aumentar - e muito - a mordida do imposto de renda

Plano assim já existiu, e funcionou. O New Deal, implantado pelo presidente americano Roosevelt, implantou estímulo estatal à economia, com medidas geradoras de emprego e renda, com incentivo forte e direto à construção civil, indústria, organização sindical e à agricultura especialmente.

Ou seja, o remédio é mais investimento estatal e não o que está sendo proposto por Dória, que é justamente a retirada de dinheiro no momento em que a economia, a população e em especial os servidores mais precisam.

LEIA TAMBÉM: Validada censura a posts de servidores (não pode postar contra o governo)

LEIA TAMBÉM: Cortar salário de servidores públicos é meta de Kim Kataguiri e Carla Zambelli

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui:

//