OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil        Terca-Feira, 04 de Agosto de 2020

OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil - Trabalhando pelos direitos dos Trabalhadores

Durante pandemia violência contra mulheres aumenta 44,9%

O número de feminicídios também aumentou. Foto:

Por Paulo Campos dia em Nossos Direitos e Conquistas

Durante pandemia violência contra mulheres aumenta 44,9%
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

 

Agência Trabalhador – São Paulo

No Estado de São Paulo o número de notificações à Polícia Militar de casos de violência contra mulheres aumentou 44,9%, conforme relatório divulgado no Fórum Brasileiro de Segurança Pública, em comparação do mês de março de 2020 com o mesmo período do ano passado.

Os feminicídios, que é quando o agressor mata a vítima pelo fato dela ser mulher, aumentou no Estado, indo de 13 para 19 casos, aumento de 46,2%.

E a tendência se repetiu em outros estados. A convivência forçada parece estar motivando as agressões que aumentaram também no Acre, com aumento de 201%; no Rio Grande do Norte (34,1%) e Mato Grosso do Sul onde os feminicídios quintuplicaram, entre outros.

Porém, apesar do aumento, vítimas ainda tem dificuldade em denunciar a violência às autoridades. Até mesmo devido à quarentena, mulheres tem tido dificuldade em ir às delegacias, entretando a grande maioria não faz a denúncia por medo de seus parceiros.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui:

//