OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil        Segunda-Feira, 24 de Fevereiro de 2020

OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil - Trabalhando pelos direitos dos Trabalhadores

Empresa brasileira tem tecnologia de prevenção ao corona vírus em locais públicos

Nova tecnologia nacional, se estivesse em uso, poderia ter evitado um total de mortos que na China continental sobiu para 1113. Nas últimas 24 horas chegam a 97. Foto: China Daily

Por Paulo Campos dia em OTB MUNDO

Empresa brasileira tem tecnologia de prevenção ao corona vírus em locais públicos
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Agência Trabalhador - Pequim, com informações da RTP (emissora pública de televisão de Portugal)

Em entrevista ontem á AT, representante de empresa brasileira afirma que tem tecnologia capaz de evitar a disseminação do corona vírus - e de outras variedades de vírus e bactérias - em locais públicos. O anúncio oficial será feito nos próximos dias. 

Enquanto isso, o número de mortos na China continental devido ao novo coronavírus aumentou para 1.113, informou hoje (12) a Comissão Nacional de Saúde.

Segundo autoridades de saúde de Pequim, o total de mortos nas últimas 24 horas é de 97.

O número total de casos confirmados é de 44.653, dos quais 2.015 foram confirmados nas últimas 24 horas em território continental chinês.

As autoridades acrescentaram ainda que 451.462 pacientes foram acompanhados por terem tido contato próximo com os infectados, dos quais 185.037 ainda estão sob observação.

O balanço ultrapassa o da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS, na sigla em inglês), que, entre 2002 e 2003, matou 774 pessoas em todo o mundo, a maioria das quais na China, mas a taxa de mortalidade permanece inferior.

O novo vírus, que provocou um morto em Hong Kong e outro nas Filipinas, afeta também o território de Macau (com nove casos) e mais de duas dezenas de países, onde os casos de contágio superam os 350.

A situação motivou a marcação de uma reunião de urgência de ministros da saúde dos países da União Europeia para amanhã (13), em Bruxelas, enquanto a Organização Mundial de Saúde enviou uma equipe de especialistas para a China visando acompanhar a evolução dos últimos casos.

Histórico
Os coronavírus são conhecidos desde meados dos anos 1960 e já estiveram associados a outros episódios de alerta internacional nos últimos anos. Em 2002, uma variante gerou um surto de síndrome respiratória aguda grave (Sars) que também teve início na China e atingiu mais de 8 mil pessoas. Em 2012, um novo coronavírus causou uma síndrome respiratória no Oriente Médio que foi chamada de Mers.

A atual transmissão foi identificada em 7 de janeiro. O escritório da Organização Mundial de Saúde (OMS) na China buscava respostas para casos de uma pneumonia de etiologia até então desconhecida que afetava moradores na cidade de Wuhan. No dia 11 de janeiro foi apontado um mercado de frutos do mar como o local de origem da transmissão. O espaço foi fechado pelo governo chinês.

"A OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil, está à disposição para difundir qualquer tecnologia de prevenção à uma possível epidemia. Não mediremos esforços para fazer com que se torne lei a desinfecção de locais públicos e meios de transporte coletivo" afirmou, Paulo Campos, vice-presidente nacional.

Fonte: EBC

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui:

//