OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil        Quarta-Feira, 13 de Novembro de 2019

OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil - Trabalhando pelos direitos dos Trabalhadores

Empresários confiam mais em seus sindicatos

Com a reforma trabalhista, tanto sindicatos de trabalhadores, quanto sindicatos patronais tiveram redução de arrecadação, porém o empresariado tem demonstrado acreditar mais em seus sindicatos e mantido as contribuições.

Por Anderson Luna dia em OTB no Brasil

Empresários confiam mais em seus sindicatos
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Agência Trabalhador, 01/10/2018, 09:20 h – São Paulo

Com a reforma trabalhista de novembro de 2017, a contribuição sindical, tanto de trabalhadores quanto do empresariado, passou a ser voluntária. Segundo dados do Ministério do Trabalho, empresários doaram cerca de 204 milhões de reais a seus sindicatos, enquanto trabalhadores contribuíram com 176 milhões a favor de suas entidades representativas.

Esta diferença mostra a proximidade que tem os empresários de seus sindicatos e a confiança neles depositada em casos de demandas judiciais e discussões com trabalhadores. E aumenta a responsabilidade das entidades trabalhistas na defesa da dignidade, cada vez mais ameaçada.

A queda de arrecadação dos sindicatos trabalhistas foi drástica: em 2017 as entidades que representam trabalhadores arrecadaram mais de 2 bilhões de reais – 176 milhões em 2018, 91% a menos. As entidades patronais que em 2017 arrecadaram 812 milhões, em 2018 também tiveram recuo considerável e pararam nos 204 milhões de reais, 75% a menos.

A OTB nunca acreditou na obrigatoriedade do imposto sindical que, muitas vezes resultou na criação de sindicatos pouco interessados na manutenção dos direitos trabalhistas. A OTB tem como certo que a filiação e arrecadação é resultado de um trabalho bem feito. A credibilidade gera confiança em contribuir, e este movimento se torna natural quando o trabalhador acredita que está sendo bem representado.

Este é o cenário que está sendo apresentado pelas entidades patronais. Mesmo com a extinção da obrigatoriedade, empresários tem tido mais confiança em seus sindicatos que os trabalhadores e isto tem aparecido na menor queda de arrecadação.

O caminho é este. Sindicatos devem realizar seu trabalho, crescer e se desenvolver por mérito.

A extinção do imposto é um grande momento para o sindicalismo e, mais que um empecilho, oportunidade de renovação e valorização de quem, como a OTB, trabalha seriamente em defesa dos trabalhadores.

 

 Represente a OTB na sua cidade. Envie e-mail para paulo.campos@otbnacional.org

 

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui:

//