OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil        Domingo, 17 de Novembro de 2019

OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil - Trabalhando pelos direitos dos Trabalhadores

Governo dá sinais de descontrole

Senador Flávio Bolsonaro grita com juíza, ordenando que ela vote contra o “lava-toga”. Foto: iBahia

Por Paulo Campos dia em OTB no Brasil

Governo dá sinais de descontrole
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Agência Trabalhador – Brasília

Por Paulo Campos

Senadora Juíza Selma sofreu pressão aos gritos último dia 21, do filho do presidente, o senador Flávio Bolsonaro que, por telefone, exigiu que ela retirasse sua assinatura de maneira a inviabilizar a CPI da “Lava-Toga”.

A senadora afirmou que “recuso a ouvir grito, então desliguei o telefone”, na entrevista.

Selma vem sofrendo com acusações de abuso econômico e uso de caixa dois na campanha que a elegeu. A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, se manifestou favorável à cassação da senadora, por ter deixado de declarar 1,232 milhão de reais e ter omitido 72,29% dos gastos. Em sua defesa, a senadora afirma que está sendo acusada por atos de pré-campanha.

O motivo por ter assinado, segundo ela, foi que juízes tanto de primeira, como de segunda instâncias, estão cansados de passar “vergonha alheia” – aparentando se referir à atuação de Sérgio Moro e Deltan Dallagnol – ela completa afirmando que juízes não agüentam mais  ter essa mácula na profissão.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui:

//