OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil        Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020

OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil - Trabalhando pelos direitos dos Trabalhadores

Justiça autoriza liberação dos trabalhadores do grupo de risco da saúde. Governo vai recorrer

Saúde de SP tem mais de 600 trabalhadores afastados. Foto: EBC

Por Paulo Campos dia em OTB no Brasil

Justiça autoriza liberação dos trabalhadores do grupo de risco da saúde. Governo vai recorrer
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Agência Trabalhador – São Paulo

Nos últimos dias, mais de 600 trabalhadores da saúde tiveram de se afastar devido à contaminação ou suspeita de contaminação pelo coronavírus.  O número de afastados deve aumentar já que a justiça paulista autorizou que integrantes do grupo de risco que pertencem aos quadros da saúde também tem direito a se afastar do trabalho.

Segundo o principal sindicato, cerca de 190 funcionários ligados à saúde da prefeitura de São Paulo foram afastados por suspeita de contaminação. Somente o Hospital Tatuapé afastou 45 funcionários.

Os hospitais privados, Sirio-Libanês e Albert Einstein afastaram, juntos, 452 funcionários., enquanto o serviço estadual de saúde ainda não dispões da informação do número de contagiados.

Para proteger os profissionais da saúde de mais idade e os que são portadores de comorbidades (doenças que tornam mais perigoso o COVID019), o juiz do Trabalho Moisés Bernardo da Silva, de São Paulo determinou o afastamento do trabalho destes profissionais.

Governo vai recorrer

O governo de São Paulo, em nota, afirmou que vai recorrer da decisão já que sua concretização inviabilizaria o trabalho. No hospital das Clínicas, da USP – Universidade de São Paulo, por exemplo, o afastamento de todos os funcionários do grupo de risco impediria a transformação do instituto central em uma ala para tratamento dos pacientes contaminados pelo coronavírus com 900 leitos, sendo destes, 200 UTIs.

Informou ainda que os funcionários em risco foram transferidos para locais de baixo risco e que, quem apresenta sintomas, está sendo submetido à testes. Quando há resultado positivo, é imposto o isolamento a estes servidores.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui:

//