OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil        Sexta-Feira, 22 de Novembro de 2019

OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil - Trabalhando pelos direitos dos Trabalhadores

Máscara de Moro caiu afirma Ministro Marco Aurélio Melo

Afirmação faz menção aos diálogos divulgados pelo site Intercept. Ministro espera ainda que Moro não seja indicado para seu posto quando deixar o STJ.

Por Paulo Campos dia em OTB no Brasil

Máscara de Moro caiu afirma Ministro Marco Aurélio Melo
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Agência Trabalhador – Brasília

As conversas do, à época, juiz Sérgio Moro com o Ministério Público tem causado crescente incômodo no meio jurídico. O último a se manifestar foi o Ministro do STJ - Supremo Tribunal Federal, Marco Aurélio Mello.

O Ministro disse que continua a indagar “o que nós estaríamos a dizer se [Moro] tivesse mantido essa espécie de diálogo com a outra parte [a defesa do ex-presidente Lula].Ele explica: “Ministério Público no processo é parte e tem que ser tratado como tal”.

O Ministro do Supremo ainda completa afirmado que espera que Moro não ocupe a cadeira que ele vai deixar em 2021. Marco Aurélio deixará o STF após Celso de Mello e deverá, portanto, ser dele a cadeira para a qual o presidente Bolsonaro fará indicação.

“A máscara caiu”. Afirmou o ministro referindo a divulgação das conversas entre ex-juízes e procuradores.

 

Reação de Moro

Em relação à reportagem publicada pelo The Intercept e pelo jornal Folha de SP, o ex-juiz e atual Ministro da Justiça, Sérgio Moro, disse que é “dever do juiz exigir mudanças em acordos de delação muito generosos”.

“Não foi, aliás, essa a crítica a acordos como o dos sócios da JBS?” Indagou. A delação, cuja homologação recebeu duras críticas no Supremo, foi homologada pelo Ministro Edson Fachin, mas até para os críticos, Moro não tratou o assunto no contexto adequado.

 

ERRATA: Por um erro, o título saiu contendo incorretamente o nome do Ministro Celso de Melo como autor da fala. A OTB corrigiu o erro e se desculpa pelo equívoco.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui:

//