OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil        Quinta-Feira, 14 de Novembro de 2019

OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil - Trabalhando pelos direitos dos Trabalhadores

Mulheres e a história das greves

Há muito mulheres enfrentam com coragem questões trabalhistas em busca de direitos, equiparação e respeito.

Por Paulo Campos dia em Nossos Direitos e Conquistas

Mulheres e a história das greves
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Agência Trabalhador, 08/03/2018, 17:30 h – São Paulo – A história tem muitos exemplos da coragem feminina e registra suas vitórias quando se trata de direitos trabalhistas. Deste o início do trabalho organizado, com as jornadas impraticáveis da revolução industrial que terminavam por impedir as mulheres de serem mães, que a união feminina demonstra sua força.

A data 8 de março, advém da manifestação de mulheres insatisfeitas com a situação em que estavam. A morte de cerca de 130 operárias em um incêndio numa fábrica têxtil é sempre lembrada como um desses eventos marcantes, embora tenham sido várias as atitudes de união feminina que fizeram com que, em 1977, a data fosse considerada o Dia Internacional da Mulher.

"O 8 de março deve ser visto como momento de mobilização para a conquista de direitos e para discutir as discriminações e violências morais, físicas e sexuais ainda sofridas pelas mulheres, impedindo que retrocessos ameacem o que já foi alcançado em diversos países", explica a professora Maria Célia Orlato Selem, mestre em Estudos Feministas pela Universidade de Brasília e doutoranda em História Cultural pela Universidade de Campinas (Unicamp).

No Brasil de hoje a OTB se empenha na concretização de um sonho: que a igualdade seja plena e irrestrita entre os gêneros.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui:

//