OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil        Terca-Feira, 12 de Novembro de 2019

OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil - Trabalhando pelos direitos dos Trabalhadores

Nova greve dos caminhoneiros

Representantes da categoria afirmam que o governo não está fiscalizando o cumprimento da Lei que criou um preço mínimo para os fretes.

Por Anderson Luna dia em OTB no Brasil

Nova greve dos caminhoneiros
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Agência Trabalhador, 26/11/2018, 21:00 h - São Paulo

A OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil discutiu nesta segunda feira (26) o movimento dos caminhoneiros na direção de uma nova greve como a que paralisou o país em maio deste ano. A causa seria a insatisfação com as empresas que descumprem a tabela de fretes e a ausência de fiscalização por parte do governo.

Estudos indicam que a criação da tabela não corrigiu as origens do problema e trouxe prejuízos aos negócios no país. (Fonte Reuters/The Boston Consulting Group).

O caminhoneiros reclamam que as leis que deviam protegê-los nunca são cumpridas pelas empresas. Tanto os valores dos fretes quanto a manutenção de jornadas extendidas que além de ilegais trazem riscos à população. Segundo Ivar Luiz Schmidt, representante do Comando Nacional do Transporte, “todos os caminhoneiros estão revoltados. A questão do piso mínimo foi só uma jogada para parar a greve. Ninguém está cumprindo, e o governo não fiscaliza e tampouco multa”.

O presidente da OTB, Anderson Luna, demonstrou preocupação com o cenário: “às vésperas da posse do novo presidente, o governo não tem como atender às demandas dos caminhoneiros, por mais justas que sejam”. E aconselhou os dirigentes a tentar apaziguar os ânimos. A OTB compreende a urgência da questão, mas acredita que é preciso discutir com o novo governo. Uma comissão certamente seria recebida por Jair Bolsonaro. Certo é que as reivindicações terão de ser avaliadas e atendidas pelo novo presidente.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui:

//