OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil        Terca-Feira, 19 de Novembro de 2019

OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil - Trabalhando pelos direitos dos Trabalhadores

OTB e a polarização política

ANÁLISE - Esta eleição é atípica. Enquanto o normal é que candidatos dirijam suas campanhas em direção ao centro, a polarização entre esquerda e direita acirrou os ânimos.

Por Anderson Luna dia em OTB no Brasil

OTB e a polarização política
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Agência Trabalhador, 25/09/2018, 14:00 h – Brasília - Paulo Campos é vice-presidente da OTB

Faltando poucos dias para a realização do primeiro turno das eleições 2018,  é bastante incerto o destino do país.

O cenário político está diferente nestas eleições. Da costumeira polarização entre partidos de esquerda, notadamente, PSDB e PT, que se degladiaram nos últimos anos, o recrudescimento da direita mudou o panorama. Se os demais partidos de esquerda apostaram em recolher os votos dos ex-lulistas, a estratégia falhou e estes votos migraram na direção ao candidato do PSL – Partido Social Liberal.

Na política tradicional, candidatos tendem ao centro, apresentando propostas de caráter amplo, de maneira a ter atenção da maior parte da população. Nesta eleição, a polarização levou ao radicalismo do discurso e da ação.

Não faz muito tempo que o PSDB questionou o resultado das eleições que mantiveram Dilma Rousseff na presidência e se posicionou como oposição nas questões econômicas “só para ser contra o PT”. Estes movimentos provococaram reação em cadeia que terminou no impeachment e na ascensão de Michel Temer ao planalto. Naquele momento - como assumiu o presidente do partido Tasso Jereissatti - não se imaginava que o resultado seria negativo para toda a esquerda. 

E o resultado não tardou. Houve desgaste junto à opinião pública e o trem da economia decarrilou levando 17 milhões de brasileiros ao desemprego, que, junto com o aumento da violência empurraram a população às falácias dos discursos de extrema-direita que prometem resolver o problema facilmente com o uso de truculência.

Claro que é uma simplificação, mas nós e o país, entre candidato preso, candidato condenado e candidato denunciado, candidato esfaqueado, escorregamos em direção aos extremos. Com todos os riscos que isso representa.

 

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui:

//