OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil        Quarta-Feira, 13 de Novembro de 2019

OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil - Trabalhando pelos direitos dos Trabalhadores

OTB e o desafio da reindustrialização

EDITORIAL – É condição para a diminuição do desemprego, que surjam novos postos de trabalho. Parece lógico, mas a indústria tem diminuído sua participação na economia na última década. Trabalhadores, governos e empresários precisam de trabalhar juntos.

Por Paulo Campos dia em OTB no Brasil

OTB e o desafio da reindustrialização
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Agência Trabalhador, 13/03/2019, 21:00 h – São Paulo

Uma das causas do desemprego, além das políticas econômicas que freiam o consumo e, por consequência a produção é a perda de participação da atividade industrial no PIB brasileiro nas últimas décadas.

Comparando a performance do Brasil com outros países desenvolvidos, é possível perceber que o Brasil apresenta os menores níveis entre os países selecionados, denotando descompasso do nível de desenvolvimento com a taxa de participação da indústria na economia.

A indústria passou de 45% do PIB m 1986 seu maior nível de participação,para 21% em 2016, menor nível desde 1947. Somente no período entre 1986 e 1996 a queda foi de 45% para 24%. Entre 2006 e 2016, após um período de recuperação – entre 1997 e 2005 -  caiu de 28% para 21%.

Entre os motivos que tem levado a esta queda da participação da indústria na economia. A principal é a perda de competitividade, que é a medida da vantagem ou desvantagem que um país tem em vender seus produtos no mercado internacional. Para melhorar é preciso investimento em diversos aspectos como infraestrutura, logística, educação, melhoras no sistema financeiro e produtividade.

Algumas providências podem – e devem – ser tomadas com urgência: identificar e fortalecer cadeias produtivas; investir em educação e formação (somente funcionários qualificados são capazes de utilizar equipamentos de ponta); incentivo à geração de tecnologias brasileiras; ampliação do alcance da banda larga; facilitações e desburocratizações dos processos do governo.

Outro aspecto importante, e que a OTB – Ordem dos Trabalhadores do Brasil acredita fortemente é a articulação institucional, onde diversos atores públicos que lidam diretamente com a economia e a produção passem a atuar em conjunto. É fundamental que indústria, trabalhadores e governo participem de ações em conjunto que tenham como objetivo o desenvolvimento.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui:

//