OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil        Sexta-Feira, 15 de Novembro de 2019

OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil - Trabalhando pelos direitos dos Trabalhadores

OTB lamenta tragédia e pede providências

Repetição da tragédia de Mariana, também em Minas Gerais, demonstra que não houve alteração na fiscalização que, se não for alterada, vai permitir que novos rompimentos provoquem mais mortes. Não existe necessidade de envio de donativos, segundo a Defesa Civil de Minas Gerais.

Por Paulo Campos dia em OTB no Brasil

OTB lamenta tragédia e pede providências
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Agencia Trabalhador, 27/01/2019, 20:00 H - São Paulo

Barragem do Córrego do Feijão, em Brumadinho, na Região Metropolitana, rompeu-se no fim da manhã dessa sexta-feira (25). A barragem pertence à Companhia Vale do Rio Doce, uma das maiores empresas de mineração do mundo.

Com mais de 50 mortes confirmadas e centenas de desaparecidos, a tragédia humana é tão grande quanto a tragédia ambiental. O país está consternado com esta tragédia, ainda mais por tratar-se de repetição do que aconteceu na cidade de Mariana, também no estado de Minas Gerais, onde o rompimento de outra barragem da Vale provocou devastaçao semelhante.

Embora haja imensa boa vontade em ajudar, a Defesa Civil de Minas Gerais anunciou que não existe necessidade, no momento, do envio de donativos, não sendo necessário envio de material para socorro humanitário.

O presidente da OTB - Ordem dos trabalhadores do Brasil, Anderson Luna, prestou solidariedade aos familiares das vítimas da grande tragédia que ocorreu em Brumadinho, interior do estado de Minas Gerais, causada pelo rompimento de barragem de rejeitos de mineração: “é preciso empenho máximo neste momento com atuação conjunta dos governos municipal, estadual e federal, para amenizar os efeitos desta grande tragédia”. Ele completou afirmando que “providencias precisam ser tomadas contra os efeitos da exploração de minérios, normas e procedimentos precisam ser revistos, não podemos aguardar a próxima tragédia”

OTB lamenta tragédia e pede providências

 

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui:

//