OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil        Quarta-Feira, 13 de Novembro de 2019

OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil - Trabalhando pelos direitos dos Trabalhadores

OTB quer mais professores e capacitação dos profissionais

EDITORIAL - Fundamental para o desenvolvimento da nação, a educação das novas gerações é fator da maior relevância, porém, antes de fortalecer o sistema educacional é preciso ampliar a formação e capacitação continuada de professores.

Por Anderson Luna dia em OTB no Brasil

OTB quer mais professores e capacitação dos profissionais
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Agência Trabalhador, 26/06/2018, 17:00 h – São Paulo

É inquestionável a importância da educação para o desenvolvimento do país. Uma população com boa formação é menos violenta, mais atuante, mais produtiva e tem discernimento para fazer boas escolhas ao exercer a democracia.

São muitos os motivos pelos quais, a OTB – Ordem dos Trabalhadores do Brasil luta por uma melhor educação para nossas crianças, nossos jovens e para todos os que, em qualquer idade, procuram o estudo como maneira de melhorar a condição de vida.

Porém, é visível, fora dos grandes centros, a precariedade em toda a estrutura educacional. São escolas mal equipadas e professores sem planos de formação continuada, o que, lentamente os tornam menos eficientes no ensino e defasados nos conteúdos. São ótimos profissionais cujo talento vai sendo corroído pelo tempo.

A OTB propõe, entre um universo de possibilidades, que exista um monitoramento do treinamento inicial, do estágio obrigatório e da inserção do candidato na profissão de professor, com facilitação das condições para a realização destas atividades.

Mais professores em formação continuada é a solução para a construção de uma educação de qualidade e de um país forte, civilizado e menos violento.

Propomos também que seja realizado um grande levantamento da quantidade e qualidade dos professores para que sejam implementados programas específicos e, portanto, mais efetivos de desenvolvimento para estes profissionais.

Fortalecer, nos currículos de formação de professores os aspectos didáticos metodológicos, com uso de novas tecnologias e realidades, com visão clara e aberta sobre temas para os quais a educação cívica é fundamental como a educação ambiental, de igualdade, gênero e sexualidade e também sobre alimentação, compreensão de emoções e afetividade.

Acreditamos na educação como o maior – e melhor – instrumento para construção de um Brasil justo e desenvolvido. Muitas outras questões entram neste mérito, porém quem aponta a direção que leva a um Brasil melhor é, sem dúvida, o professor.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui:

//