OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil        Terca-Feira, 12 de Novembro de 2019

OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil - Trabalhando pelos direitos dos Trabalhadores

Pacote contra a crise

EDITORIAL – Grandes grupos tem interesse na venda da estatal e no grande volume de petróleo do pré-sal, porém o caminho do desenvolvimento é outro.

Por Paulo Campos dia em OTB no Brasil

Pacote contra a crise
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Agência Trabalhador, 05/06/2018, 17:00 h – São Paulo

Hoje, os preços dos derivados de petróleo, gasolina, querosene de aviação e óleo diesel, entre outros tem seu preço reajustado em conformidade com a variação do preço internacional do barril de petróleo e da flutuação da moeda norte-americana, o dólar.

Isto resultou em 216 reajustes no preço da gasolina e do diesel durante o governo Temer contra 15 reajustes que aconteceram durante os governos Lula e Dilma, entre 2003 e 2016. Esta explosão nos preços resultante de 16 aumentos de preço em apenas um mês – um aumento de quase 50% nos combustíveis, quando se considerado o aumento do PIS/Cofins de 9 para 14%.

Algumas providências podem ser tomadas para evitar que a situação volte a chegar no ponto que chegou nos últimos dias:

- A primeira é acabar com a política de preços indexados ao mercado internacional; – a produção e o consumo são nacionais, não existe motivo para seguir preços internacionais;

- Devemos acabar com a política de privatizações que quer tirar o controle nacional da Petrobrás;

- E finalmente, o governo deve aumentar o volume de refino de petróleo até atingirmos a plena capacidade das nossas refinarias de 2,4 milhões de barris/dia de maneira a suprir a necessidade interna de 2,2 milhões de barris/dia.

Estas providências simples, aliada à imprescindível reforma fiscal com plena redução dos impostos que estrangulam a produção, são suficientes para colocar o país nos trilhos e dar início ao pleno desenvolvimento.

 

 

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui:

//