OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil        Terca-Feira, 19 de Novembro de 2019

OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil - Trabalhando pelos direitos dos Trabalhadores

Pelo menos seis pessoas em situação de rua morreram em SP

Mortes que, à princípio são devido ao frio, estão sendo investigadas pela Polícia Civil do estado. Foto: Marcelo Camargo/Arquivo/Agência Brasil

Por Paulo Campos dia em Nossos Direitos e Conquistas

Pelo menos seis pessoas em situação de rua morreram em SP
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Agência Trabalhador - São Paulo

Por Elaine Patricia Cruz
 
Subiu para seis o número de pessoas em situação de rua que foram encontradas mortas desde a última sexta-feira (5), durante a forte onda de frio que atinge todo o estado paulista. Todos os casos estão sendo investigados pela Polícia Civil.

O último caso registrado foi o de um homem, ainda não identificado, que foi encontrado morto por volta das 21h da segunda-feira (8), na Vila Maria, zona norte da capital. Este foi o quarto caso só na capital paulista nos últimos dias.

Na manhã de sexta-feira, Gabriel Laffot, de 22 anos, foi encontrado embaixo de uma das escadas do Terminal de Ônibus da Barra Funda, zona oeste da cidade. Segundo a Secretaria da Segurança Pública, o caso foi registrado como morte súbita sem causa aparente. Foram requisitados exames para determinar a causa da morte.

Ainda na sexta feira, um homem não identificado também foi encontrado morto sem sinais de violência no Pari, região central da capital. Ele não levava documentos.

No sábado (6), mais um homem foi achado sem vida pela Polícia Militar em Itaquera, zona leste paulistana. Segundo a corporação, não há indícios de que ele tenha sido vítima de crime.

Outros dois casos ocorreram no interior do estado e na Grande São Paulo. Em Assis, a moradora de rua Rosilda Maria Barreto, 43 anos, foi encontrada morta na manhã de domingo (7), por volta das 8h, na Vila Silvestre. O caso foi registrado como morte natural.

No mesmo dia, em Santo André, um homem ainda não identificado foi encontrado morto no Parque Novo Oratório. A Polícia Militar foi acionada e, ao chegar ao local, encontrou a vítima enrolada em um cobertor, sob a marquise de um posto de saúde.

Ações
Nos últimos dias, o governo paulista anunciou ter criado uma força tarefa para a distribuição de cobertores, colchões, roupas e água para as pessoas que vivem na rua e que sofrem com o frio. A prefeitura paulistana também informou que reforçou as ações para acolhimento das pessoas em situação de rua nestes dias de frio intenso na capital.

Fonte: EBC

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui:

//