OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil        Sexta-Feira, 22 de Novembro de 2019

OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil - Trabalhando pelos direitos dos Trabalhadores

Reforma da previdência retira abono salarial

Cerca de 12,7 milhões de brasileiros perderão o benefício do PIS/PASEP, já que a renda para ter direito cairá de dois salários mínimos para 1364,43.

Por Paulo Campos dia em OTB no Brasil

Reforma da previdência retira abono salarial
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Agência Trabalhador – Brasília

Cerca de 12,7 milhões de contribuintes terão cortado seu direitoao abono salarial de acordo com a reforma da Previdência aprovada em primeito turno na Câmara dos Deputados.

Dos contribuintes para o PIS/PASEP, a exclusão atingirá 54%  dos 23,7 milhões de atuais beneficiários. O programa assegura hoje o valor de um salário mínimo anual para trabalhadores que recebem até dois salários mínimos de remuneração mensal. A proposta aprovada concede o abono apenas para quem ganha até 1.364.43 reais.

Os cálculos foram divulgados pelo DIEESE – Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos.

Em São Paulo e Santa Catarina, que possuem salários mínimos regionais, a exclusão pode chegar a 72% dos atuais beneficiados de Santa Catarina e 70,1% dos beneficiados do Estado de São Paulo.

A proposta inicial do governo Bolsonaro (PSL) limitava o recebimento aos trabalhadores que recebessem até um salário mínimo. Se fosse assim 94% dos trabalhadores que atualmente recebem o benefício não teriam mais acesso. Foi o relator da proposta, Samuel Moreira que subiu a linha de corte para 1364,43 reais.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui:

//