OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil        Segunda-Feira, 24 de Fevereiro de 2020

OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil - Trabalhando pelos direitos dos Trabalhadores

Servidores SP peitam parasita Paulo Guedes

“Paulo Guedes é banqueiro, vive da especulação financeira, talvez por isso use a palavra ‘parasita’, pois é o que vê diariamente no espelho”, reagiu sindicato de servidores da cidade de São Paulo. Foto: FABIO RODRIGUES POZZEBOM/AG. BRASIL

Por Paulo Campos dia em OTB no Brasil

Servidores SP peitam parasita Paulo Guedes
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Agência Trabalhador, São Paulo Capital

Paulo Guedes, Ministro da Economia do governo Bolsonaro, em palestra realizada na Escola Brasileira de Economia e Finanças da FGV – Fundação Getúlio Vargas, última sexta-feira (7) que os servidores públicos são parasitas que querem direitos automáticos.

A afirmação, que na íntegra foi que “o hospedeiro está morrendo, o cara virou um parasita, o dinheiro não chega no povo e ele quer aumento automático”, provocou imediata repercussão.

Servidores públicos se indignaram em todo o país e diversos sindicatos manifestaram sua indignação, entre eles o sindicato dos servidores da cidade de são Paulo que afirmou em nota de repúdio que “Esse ministro, para quem não sabe, é o mesmo que esteve há 30 anos no Chile e aplicou uma reforma da Previdência naquele país, que hoje leva milhões às ruas exigindo o restabelecimento da previdência pública e solidária. Paulo Guedes é banqueiro, vive da especulação financeira, talvez por isso use a palavra ‘parasita’, pois é o que vê diariamente no espelho”.

Engrossou o coro, o deputado Alessandro Molon (PSB-RJ): “Reduzir profissões tão dignas a meros parasitas é uma hostilidade sem precedentes na história do Brasil. Esse comportamento é uma prévia das maldades que o governo de Bolsonaro quer impor aos servidores por meio da reforma administrativa. Mas ele enfrentará forte resistência.

LEIA TAMBÉM: Prefeitura SP promete reajuste em 2020

A OTB repudia fortemente a afirmação do Ministro ao entender que os funcionários públicos não podem ser demonizados. São estas pessoas que garantem o atendimento para milhares de brasileiros, fornecendo serviços de qualidade, mesmo quando são difíceis as condições.

Ao fazer esta afirmação, o ministro aparenta estar numa cruzada contra os servidores. É importante ressaltar que o número de servidores públicos no Brasil nem é tão alto, estando abaixo da média mundial.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui:

//