OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil        Terca-Feira, 04 de Agosto de 2020

OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil - Trabalhando pelos direitos dos Trabalhadores

Sindicatos são defendidos por Rodrigo Maia

Presidente da Câmara dos Deputados afirma que é preciso estudar maneira de financiar a atividade sindical. Foto: Anderson Luna, Presidente da OTB (arquivo OTB) e Rodrigo MAIA, Presidente da Câmara dos Deputados (EBC).

Por Paulo Campos dia em OTB no Brasil

Sindicatos são defendidos por Rodrigo Maia
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Agência Trabalhador – Brasília

Sábado passado(4), Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara dos Deputados, afirmou que é preciso estudar maneiras de financiar a atividade sindical no país. A questão é que a reforma trabalhista de abril de 2017 enfraqueceu sobremaneira entidades representativas dos trabalhadores que não estão conseguindo manter-se em atividade.

Maia defendeu a importância dos sindicatos na democracia e declarou que, embora a tenha sido adequada a mudança da legislação trabalhista, ela foi dura demais com os sindicatos e citou Hitler. “Não podemos esquecer de que o principal ato inicial quando Hitler virou chancelar (na Alemanha nazista) foi acabar com os sindicatos”.

O presidente da Câmara ressaltou que é importante a construção de um caminho que permita o financiamento dos sindicatos e de sua importância na sociedade democrática, embora tenha frisado que o modelo anterior que provocada volume de financiamento desproporcional não fosse o ideal.

“A OTB – Ordem dos Trabalhadores do Brasil, acredita fortemente na atividade sindical como expressão da defesa dos direitos dos trabalhadores”, afirmou Anderson Luna, presidente nacional da entidade. “E concordamos com Rodrigo Maia quando ao financiamento  anterior ser uma distorção, tanto que a OTB, em primeiro momento, abriu mão de receber o imposto sindical (mesmo quando existia). Não acreditamos que seja preciso que o governo subsidie a atividade sindical. A manutenção das condições atuais, com a permissão da atuação, é suficiente para que a atividade se regule”.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui:

//