OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil        Terca-Feira, 12 de Novembro de 2019

OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil - Trabalhando pelos direitos dos Trabalhadores

Trabalhador tem estudado mais

Na busca por melhores condições de vida, os trabalhadores brasileiros tem estudado mais. A maior evolução foi no campo, embora os trabalhadores rurais sejam os que tem menos tempo de estudo

Por Anderson Luna dia em Nossos Direitos e Conquistas

Trabalhador tem estudado mais
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Agência Trabalhador, 26/11/2018, 12:00 h – São Paulo

com informações do G1

Embora ainda exista um longo caminho a ser percorrido, um estudo do Instituto Brasileiro de Economia da FGV - Fundação Getúlio Vargas, concluiu que os trabalhadores brasileiros estão permanecendo mais tempo nos bancos escolares.

Em 2012, o trabalhador rural tinha quatro anos e seis meses de estudo, em média. Em 2018, esse número saltou para cinco anos e sete meses.

Entre os trabalhadores rurais a maioria ainda não tem o ensino fundamental completo. Nas cidades, as áreas de educação e serviços são as que tem nível mais alto e na média de todo o país, o trabalhador brasileiro estuda nove anos e oito meses.

Um dos motivos do aumento da escolaridade detectados pelo estudo é a competição por empregos provocada pela crise econômica. Com menos vagas disponíveis, apenas os mais qualificados conquistam a vaga.

A OTB concorda com o pesquisador Bruno Ottoni quando ele afirma que  “Uma coisa é você ficar na escola e você ter mais anos de estudo, outra questão é: será que aqueles anos de estudo estão contribuindo para o seu aprendizado? Precisa melhorar, não apenas quantidade de tempo na escola, mas também a qualidade do que é ensinado para esse aluno”.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui:

//