OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil        Quarta-Feira, 13 de Novembro de 2019

OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil - Trabalhando pelos direitos dos Trabalhadores

Vereador Holiday quer vigiar servidores em SP

A proposta, explicitada no PL 126/2017, é de contratar auditorias externas que instituam métodos de vigilância e avaliação que determinem salários na base da meritocracia.

Por Anderson Luna dia em Nossos Direitos e Conquistas

Vereador Holiday quer vigiar servidores em SP
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Agência Trabalhador, 24/06/2017, 12:30 h , Cidade de São Paulo – Proposta na surdina em março, o projeto de Lei do vereador Fernando Silva Bispo (de alcunha Holiday) pretende oficializar a vigilância sobre os servidores municipais.

À exemplo de Dória que se vale de auditorias externas com experiência em empresas privadas para determinar o que deve ser feito no serviço público, o vereador pretende que as avaliações de desempenho dos profissionais da prefeitura ocorram desta maneira.

Certamente acredita que a incompetência é tamanha que os servidores em cargos de direção são incapazes de fazer avaliação de seus subordinados.

Um ponto que tanto Dória quanto seu pupilo esquecem é que, para cobrar desempenho de funcionário de empresa privada é preciso pagar salário equivalente aos pagos pelas empresas.

Como exemplo, enquanto um Diretor de RH de empresa privada para cuidar de 3000 mil funcionários recebe 20 mil reais por mês, plano de saúde internacional e carro zero, seu equivalente na Prefeitura ganha menos 4000 mil (se for antigo nos quadros) e vai encarar 4 horas de fila se precisar do HPSM, para cuidar de mais de 100 mil servidores (caso trabalhe na Secretaria de Educação).

Holiday podia propor auditoria e equivalência salarial, com reajustes dignos (quanto aos 0,01% ele não se manifestou). Seria justo.

Avaliação continuada? Isso já existe.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui:

//