OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil        Quarta-Feira, 30 de Setembro de 2020

OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil - Trabalhando pelos direitos dos Trabalhadores

Servidores de SP que receberam auxílio emergencial poderão ser demitidos

11,3 mil servidores receberam auxílio emergencial em São Paulo, 3358 só na capital. Foto: EBC

Por Franklin Ataide dia em OTB no Brasil

Servidores de SP que receberam auxílio emergencial poderão ser demitidos
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Agência Trabalhador – São Paulo

Levantamento feito pela rádio Bandeirantes descobriu 11.282 casos suspeitos de servidores que receberam indevidamente auxílio emergêncial do governo federal. As informações vieram de relatórios do TCE, Tribunal de Contas do Estado, TCM, Tribunal de Contas do Município de São Paulo e da CGU, Controladoria-Geral da União.

Não há servidores com direito a receber o benefício. Ativos ou aposentados não são elegíveis para o recebimento.

Na capital paulista foram identificados 3358 casos suspeitos, com saques que, juntos, somaram 2,1 milhões de reais. Em todo o estado foram sacados indevidamente quase 8 milhões de reais.

As penalidades previstas em lei são graves: o recebimento é crime de falsidade ideológica, falsidade documental e crime de estelionato. Poderão ser aplicadas também penalidades administrativas, com abertura de processo disciplinar que pode culminar na perda do cargo.

LEIA TAMBÉM: Dória quer demissão de servidor efetivo para diminuir rombo nas contas

LEIA TAMBÉM: Covas aprova retorno às aulas

LEIA TAMBÉM: Servidor que opinar contra o governo em rede social deve ser punido, determina CGU

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui:

//